os idosos e as ondas de calor?

os idosos e as ondas de calor?

blog lar sitio da luz

O calor excessivo pode ser um risco para a saúde dos idosos, especialmente se sofrem de doenças crónicas ou tomam certos medicamentos.

Neste artigo, vamos explicar quais são os efeitos do calor nos idosos e como preveni-los.

Os idosos são mais vulneráveis ao calor porque o seu organismo tem menos capacidade de regular a temperatura corporal.

Além disso, podem ter menor sensação de sede, o que aumenta o risco de desidratação.

Outros fatores que podem agravar a situação são:

– A falta de ventilação ou ar condicionado na casa.

– O uso de roupas muito quentes ou sintéticas.

– A exposição direta ao sol, especialmente nas horas mais quentes do dia.

– A ingestão de bebidas alcoólicas ou com cafeína, que favorecem a perda de líquidos.

– A presença de doenças como diabetes, hipertensão, insuficiência cardíaca ou renal, que alteram o equilíbrio hídrico e eletrolítico do organismo.

– O consumo de medicamentos como diuréticos, anti-hipertensivos, antidepressivos ou anticolinérgicos, que podem interferir na termorregulação ou na sudorese.

Os efeitos do calor nos idosos podem manifestar-se de diferentes formas, desde um simples mal-estar até um golpe de calor, que é uma emergência médica.

Alguns dos sintomas mais comuns são:

– Cansaço, fraqueza, tonturas ou desmaios.

– Dor de cabeça, náuseas ou vômitos.

– Cãibras musculares ou espasmos.

– Pele seca, quente e avermelhada.

– Pulso rápido e fraco.

– Confusão mental, alucinações ou convulsões.

Para prevenir os efeitos do calor nos idosos, é importante seguir algumas recomendações simples, tais como:

– Beber água ou sucos naturais com frequência, mesmo sem ter sede. Evitar bebidas alcoólicas, com cafeína ou muito açucaradas.

– Usar roupas leves, soltas e de cores claras. Proteger a cabeça com um chapéu ou lenço e usar óculos de sol e protetor solar.

– Evitar sair de casa nas horas mais quentes do dia (entre as 12h e as 17h). Se for necessário, procurar locais frescos e sombreados.

– Manter a casa fresca e ventilada. Fechar as janelas e persianas durante o dia e abri-las à noite. Usar ventiladores ou ar condicionado se houver.

– Consultar o médico sobre a necessidade de ajustar a dose ou o tipo de medicamentos que se tomam. Não suspender nem alterar a medicação por conta própria.

– Estar atento aos sinais de alerta e procurar ajuda médica imediatamente se se suspeitar de um golpe de calor.

O calor é um fator ambiental que pode afetar a saúde dos idosos.

Por isso, é importante tomar medidas preventivas para evitar complicações graves.

Esperamos que este artigo tenha sido útil para si e para os seus familiares.

Se tiver alguma dúvida ou sugestão, deixe-nos um comentário no nosso blog.

Obrigado pela sua atenção!

logo lar de idosos sitio da luz

Fale Connosco

Rua do Covão de Baixo 2070-456

Siga-nos